rss18 de outubro de 2018

Histórico do Campus

Dados tipológicos e arquitetônicos do prédio doCampus da Chapada Diamantina (UEFS):

Conforme livro inventario do IPAC, o sobrado é do século passado com vãos ogivais, com estilo neo gótico, semelhante ao da Quinta da Boa Vista, introduzido no Rio de Janeiro por Dom João VI.DSC_0078

Como reação ao neoclássico, o estilo se difundiu nas províncias, e no final do século XIX, na Chapada Diamantina, teve grande aceitação, principalmente, nas cidades de Lençóis e Andaraí.

Existe no estilo do sobrado, uma indecisão no de formato das janelas, entre o ogival e o de mitra e o seu construtor criou um ritmo e adequou seu frontispício a modulação das demais fachadas da Praça Horácio de Matos.

O sobrado foi construído no século XIX, porém não se conhecem documentos sobre a construção do edifício.

 

Histórico da propriedade do prédio do Campus Avançado da Chapada Diamantina (UEFS):

O mais antigo proprietário conforme Cartório de Registro de Imóveis, Hipotecas, Títulos e Documentos da Comarca de Lençóis é Dona Domitília Garcia Sobral.

05/10/1936- Sr Aquiles Dreger de Araújo aquiriu o imóvel do espólio de Domitilia Garcia Sobral, conforme carta de arrematação, registrada sob nº2114, no livro, fl 51 do Cartório de registro de Imóveis de Lençóis.

30.11.1959 o Centro de Ação Social, sociedade civil fundada em 27 de agosto 1946 adquiriu por compra feita de Aquiles Dreger Araújo e sua esposa HerquilinaDreger de Araújo.

10.02.1986- Publicação do decreto da Prefeitura Municipal de Lençóis que declara de utilidade pública, para fins de desapropriação, em regime de urgência, o imóvel situado na Praça Horácio de Matos, 854, pertencente ao Centro de Ação Social de Lençóis.

29.03.1986- Cessão e transferência gratuita de direitos de compra e venda posse e usucapião, do prédio localizado na Praça Horácio de Matos, 854, pela diretoria do Centro de ação Social de Lençóis à Prefeitura de Lençóis, em função do Decreto Municipal, datado de 10.02.1986.

 

Processo de implantação do Campus Avançado da Chapada Diamantina (UEFS)

A relação da UEFS com a Chapada Diamantina é longa e produtiva. Ela resulta do reflexo da luta de uma região por acesso ao ensino de nível superior e do reconhecimento dos trabalhos desenvolvidos pela UEFS no Município de Lençóis, que se iniciaram de forma mais explícita, e institucionalmente reconhecida, em 1992, a convite da Prefeitura Municipal de Lençóis.

Dentro do conjunto governamental, destaca-se a visão do Professor Dr. Ronaldo Sales Senna do Departamento de Ciências Humanas da UEFS, lençoense que assume a Secretaria de Educação do Município e faz o convite a UEFS para realizar trabalhos sobre a interpretação das trilhas, as curiosidades geológicas e os resíduos sólidos; o incentivo do prefeito Sr. Octaviano Alves Jr. que não somente permitiuo desenvolvimento de relações interinstitucionais e cumpriu o acordo de apoio e encaminhamento de resultados; o trabalho do Prof. Delmar Alves de Araújo, Diretor Municipal de Educação, desenvolvedor local concreto do apoio citado.

Dentro da estrutura universitária, naquele momento sob o reitorado de Profa. Anaci Bispo Paim, aqueles que aceitaram o desafio, professores do Departamento de Exatas, área de Geociências: Carlos Cesar Uchoa de Lima e Marjorie Cseko Nolasco; e do Grupo de Estudos em Educação Ambiental: Maria de Fátima Anaque (DCHF), Maria de Fátima Nunesmaia e Sandra Furiam(DTEC). Além de diversos alunos de IC que os acompanharam, dentre os quais podemos citar como representante a atual Professora da UEFS, Ms. Cléa Rocha (DEDU).

Antes deste momento diversos pesquisadores isolados, muitos deles com ligações extraprofissionais e filhos da região, desenvolveram importantes estudos no Município e na região, dando continuidade a estudos anteriores e bem mais antigos, já que a região configura-se desde o século XIX como centro de mineração de diamantes e importante pólopolítico estadual e nacional.

O I Encontro de Filhos e Amigos de Lençóis, ocorrido em início de 1994, reuniu alguns destes estudiosos e apresentou o primeiro resultado público do trabalho da UEFS, uma exposição sobre a origem geológica de Lençóis com suas rochas, curiosidades e a reconstituição das trilhas através de fotos.

Esta exposição faz surgir a idéia do Casarão para abrigá-la e ao Memorial dos Coronéis e do Garimpo, além de servir de apoio e espaço para outras atividades de pesquisa e extensão e do Livro lançado dois anos depois, Lençóis: uma ponte entre a Geologia e o Homem. Finalmente, mas não menos importante, o Sr. Emanoel Calmon de Sá, prefeito que assinou a doação do Casarão, atendendo a anseios da sua comunidade.

 

Cronologia histórica do Campus Avançado da Chapada Diamantina:

19.05.1997- Encaminhamento pelo Prefeito Municipal de Lençóis, Sr. Emmanoel Calmon Maciel, do Projeto de Lei ___/97 que autoriza a Prefeitura de Lençóis a doar em sua totalidade, um imóvel situado na Praça Horácio de Matos, 854 à Universidade de Feira de Santana para implantação do Campus Avançado de Lençóis.

09.06.1997 – Publicação pela Prefeitura de Lençóis da Lei nº439/97, que autoriza o prefeito Municipal de Lençóis a doar em sua totalidade um imóvel à UEFS.

Julho/1997- encaminhamento pela Reitora da UEFS, Anaci Bispo Paim, da proposta de utilização do casarão elaborada pelos professores: Carlos César Uchoa de Lima (DEXA), Raquel de Matos Cardoso do Vale (DCHF), Ronaldo de Salles Senna (DCHF), Ana Maria Giulietti (DBIO), Efigênia de Mello (DBIO).

20.01.1998- A teor do comando 105 do cordex processual civil o juiz de direito de Lençóis, Dr. Edson de Souza resolve ordenar a reunião da ação reintegra tória à ação de manutenção ajuizada sob nº 01/98.

Janeiro de 1998-Lançamento do livro: Lençóis, uma ponte entre a geologia e homem, de Marjorie Nolasco e Carlos Uchoa.

12.02.1998 – Publicação, da Liminar de reintegração de posse do prédio situado na Praça Horácio de Matos, 854, em favor do Município de Lençóis, pelo Juiz de Direito de Lençóis, Dr. Carlos Carvalho Ramos de Cerqueira Junior.

26.02.1998 – Lavratura do Auto de reintegração provisória da posse pelos oficiais de justiça Luiz Sergio Pereira Macedo e Jonival Rosa Nonato e pelo reintegrado prefeito de Lençóis, Sr. Emmnoel Calmon Maciel.

23.03.1998- Prefeitura de Lençóis registra a guia de transmissão de intervivos, atestando a doação do prédio à UEFS.

08.05.98-registro e averbação da escritura do prédio doado a UEFS pela Prefeitura de Lençóis, no cartório do Tabelionato de Notas da Comarca de Lençóis, Livro 14, contrato Diversos, fl 16.

30.03.1999 – Encaminhamento de documentos e materiais, pelo Secretário Municipal de Educação da Prefeitura de Lençóis, Professor Delmar Alves de Araújo, considerando os entendimentos mantidos com a professora Anaci Bispo Paim, Reitora da UEFS, sobre a reedição da obra de Gonçalo de Athayde Pereira, Memória Descriptiva do Município de Lençóis, Lavras Diamantinas, uma análise desenvolvida pelo professor Delmar de Araújo, Erivaldo Fagundes e Ronaldo Senna e considerando o convênio celebrado entre a Prefeitura de Lençóis e a UEFS.

06.04.1999- Comunicação da Reitora da UEFS professora Anaci Paim ao Secretário de Educação de Lençóis, professor Delmar Alves de Araújo, informando-o que após submeter à Procuradoria Jurídica da Universidade, o assunto do processo de doação do imóvel, localizado na Praça Horácio de Matos, 854 pela Prefeitura de Lençóis à UEFS, obtiveram um parecer que tendo sido a escritura pública de doação registrada no dia 11 de maio de 1998, a UEFS teria até o dia 11 de maio de 2000 para proceder a restauração do imóvel.

07.05.1999- Comunicação da Sra. Nadja Maria Lima Maciel, coordenadora de Extensão da UEFS, informando ao Secretário de Educação de Lençóis, Professor Delmar Alves de Araújo, sobre a inclusão do Município de Lençóis no programa de alfabetização para jovens e adultos (PRAJA) e o recebimento da proposta de curso de capacitação dos professores de classesmultisseriadas, enfatizando conteúdos e aspectos metodológicos nas áreas de conhecimento da língua portuguesa, matemática, ciências da natureza e da sociedade.

26.01.2000- celebração do termo de convenio entre a UEFS e a Prefeitura de Lençóis, estabelecendo cooperação técnica para realizar o Curso de Especialização em Antropologia e Turismo: Patrimônio Cultural e Ambiental, no Campus Avançado de Lençóis.

01.02.2000- Abertura das inscrições do Curso de Especialização em Antropologia e Turismo, coordenado pelo professor Ronaldo Senna.

21.02.2000- Realização da seleção dos candidatos para Curso de Especialização.

27.03.2000- início das aulas do Curso de Especialização em Antropologia e Turismo, na Escola Dr. César Zama.

14.04.2000- Aula inaugural do curso de Especialização em Antropologia e do Turismo, na Câmara Municipal de Vereadores.

07.06.2000 – Encaminhamento, pelo Prefeito de Lençóis, Sr. Emmanoel Calmon Maciel e Secretário de Administração, Sr. Delmar Alves de Araújo, à Câmara Municipal de Vereadores do novo projeto de Lei/2000 que autoriza o Prefeito Municipal de Lençóis a doar em sua totalidade o imóvel de sua propriedade, situado na Praça Horácio de Matos, nº 854, à Universidade de Feira de Santana para implantação do Campus Avançado de Lençóis, considerando que após o termo de doação, efetivado em 08/05/1998, no Tabelionato do 1º Ofício, passados dois anos, conforme autorização explicita na Lei 439/97, o referido imóvel reverterá ao patrimônio público Municipal.  Neste documento a Prefeitura Municipal informa sobre a necessidade de prorrogação do prazo por um ano, tendo em vista que as atividades de ensino e pesquisa foram realizadas pela UEFS e que o projeto de restauração do imóvel foi encaminhado, no dia 20/05/2000, pela Reitoria da UEFS ao IPAC a fim de efetivar o processo de licitação de restauração.

09.06.2000- Manifestação pública dos alunos, pais e professores do CERPV e Escolas primárias de Lençóis com intuito de sensibilizar os vereadores a autorizarem a prorrogação do prazo para a UEFS restaurar o prédio doado pela Prefeitura de Lençóis e implantar o Campus Avançado de Lençóis.

09.06.2000-Secretário de Educação, professor Delmar Alves de Araújo discute na Câmara de Vereadores a importância de dilatação do prazo para restauração do prédio e apresenta as ações do projeto proposto pela UEFS.

2001- período de recuperação do prédio.

27.06.2002- solenidade de conclusão do curso de especialização em Antropologia e Turismo na Câmara Municipal de Vereadores de Lençóis.

27.06.2002- lançamento dos livros Bambúrrios e Quimeras de Delmar Araújo, Erivaldo Fagundes, Ronaldo Senna e Remissão de Lúcifer de Maria Jose Souza e Ronaldo Senna.

09.08.2002-solenidade de inauguração do Campus Avançado de Lençóis.

________________________________________________

Pesquisa: Professor Delmar Alves de Araujo

Fonte: Inventario do IPAC, Cartório de Registro de Imóveis de Lençóis.

 

 



Voltar ao topo